Internacional Coreia do Norte acusa EUA de fabricar armas biológicas na Ucrânia

Coreia do Norte acusa EUA de fabricar armas biológicas na Ucrânia

Alegação da agência de notícias estatal norte-coreana KCNA é alinhada ao que a Rússia também vem afirmando

AFP
Coreia do Norte fala em 'laboratórios biológicos em dezenas de países'; EUA e Ucrânia negam

Coreia do Norte fala em 'laboratórios biológicos em dezenas de países'; EUA e Ucrânia negam

NORTH KOREA'S KOREAN CENTRAL NEWS AGENCY/REUTERS - 24.05.2020 e EVIN LAMARQUE / REUTERS - 16.1.2021

A Coreia do Norte acusou neste domingo (24) os Estados Unidos de fabricar armas biológicas na Ucrânia, ecoando uma alegação russa rejeitada pelas Nações Unidas em março.

Washington "criou muitos laboratórios biológicos em dezenas de países e regiões, incluindo a Ucrânia, em desrespeito aos tratados internacionais", disse a agência de notícias estatal da Coreia do Norte KCNA, citando o que alegou ter sido "detectado" pela Rússia. 

Em março, Moscou acusou Washington de financiar pesquisas para o desenvolvimento de armas biológicas na Ucrânia, invadida pela Rússia há cinco meses. 

Aliado de Moscou, Pyongyang disse em fevereiro que a política externa dos EUA era a "causa raiz da crise ucraniana". E neste mês reconheceu formalmente as duas regiões separatistas pró-Rússia no leste da Ucrânia, levando Kiev a cortar relações diplomáticas com a Coreia do Norte. 

Washington e Kiev negaram a existência de laboratórios que pretendem fabricar tais armas na Ucrânia. Para os Estados Unidos, as acusações são um sinal de que a Rússia pode usar essas táticas por conta própria. 

Izumi Nakamitsu, subsecretário-geral da ONU para Assuntos de Desarmamento, também disse em março que a ONU "não estava ciente de nenhum programa de armas biológicas na Ucrânia".

Últimas