Coreia do Sul

Internacional Coreia do Norte dispara tiros de artilharia, diz Coreia do Sul

Coreia do Norte dispara tiros de artilharia, diz Coreia do Sul

Tiros são do tipo tradicional, com alcance relativamente curto e baixa altitude, declaram militares sul-coreanos

Reuters

Resumindo a Notícia

  • Coreia do Norte intensifica as demonstrações de força, com disparos de armas
  • No dia 5, país lançou mísseis balísticos de curto alcance e, neste domingo, tiros de artilharia
  • Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul diz que tiros tinham alcance curto e baixa altitude
  • Estados Unidos e Coreia do Sul fizeram exercícios militares e lançaram mísseis na região
O norte-coreano Kim Jong-un prometeu aumentar o poder militar de seu país

O norte-coreano Kim Jong-un prometeu aumentar o poder militar de seu país

STR / KCNA VIA KNS / AFP

Militares da Coreia do Sul afirmam que a Coreia do Norte disparou vários tiros de artilharia neste domingo (12), no período entre as 8h07 e as 11h03, no horário local, em outra demonstração de força. Exatamente uma semana antes, uma rajada de mísseis balísticos de curto alcance também havia sido disparada pelo país.

No sábado (11), o ditador norte-coreano Kim Jong-un apresentou as metas para aumentar o poder militar e a pesquisa de defesa para proteger os direitos soberanos da Coreia do Norte. As medidas fazem parte da conclusão da Reunião Plenária do Comitê Central do Partido dos Trabalhadores da Coreia (WPF), realizada na semana anterior.

O Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul não deu detalhes sobre os disparos, mas acrescentou que decidiu emitir uma declaração no final da noite, pois os tiros eram do tipo tradicional, com alcance relativamente curto e baixa altitude.

No dia 6, em operação conjunta com os Estados Unidos, a Coreia do Sul disparou oito mísseis no mar do Leste, em resposta aos testes armamentistas do país vizinho.

Últimas