Destroços de avião chileno que caiu rumo à Antártida são encontrados

Força Aérea do Chile confirmou ter achado pedaços da aeronave 30 quilômetros ao sul do local onde foi registrado o último contato

Avião levava 38 pessoas para base chilena na Antártida

Avião levava 38 pessoas para base chilena na Antártida

Ivan Alvarado/Reuters - 24.11.2007

A Força Aérea Chilena confirmou ter encontrado destroços do avião militar que caiu com 38 pessoas à bordo duranta viagem para a Antártida.

De acordo com o jornal La Tercera, as autoridades informaram ter visualizado pedaços da aeronave 30 quilômetros ao sul do último ponto de contato com o Hércules C-130 da Força Aérea.

Em nota oficial, a Força Aérea Chilena informou que o navio de bandeira chilena Antartic Endeavor encontrou grandes pedaços de esponja flutuando no mar. Estes pedaços fariam parte do revestimento dos tanques interno e da asa do C-130. 

As peças foram recolhidas e estão sendo levadas para terra firme, para serem analisadas.

Avião desapareceu na segunda-feira

A aeronave C-130 Hércules da Força Aérea Chilena partiu com 38 pessoas a bordo da cidade de Punta Arenas, no sul do Chile, rumo à Base Aérea Antártica Presidente Eduardo Frei Montalva.

Por volta das 18h da segunda-feira (9), as torres de controle perderam contato com o avião.

Dezessete militares da Força Aérea Chilena integravam a tripulação da aeronave, que transportava também 21 passageiros que seguiriam para a base de pesquisa do país no continente Antártico.