Internacional Dispositivos de espionagem da KGB serão leiloados nos Estados Unidos

Dispositivos de espionagem da KGB serão leiloados nos Estados Unidos

Disputa vai vender dentes falsos com cianeto, maços de cigarros com câmera disfarçada e os famosos microfones escondidos

  • Internacional | DA AFP

Maço de cigarro com câmera é um dos itens

Maço de cigarro com câmera é um dos itens

Frederic J. Brown/AFP

Dentes falsos contendo cianeto e maços de cigarros escondendo uma câmera fazem parte da parafernália do serviço secreto soviético que será leiloada no sábado (13) nos Estados Unidos e que não deve nada aos filmes de James Bond.

A venda é organizada em Beverly Hills pela Julien's Auctions e inclui câmeras em miniatura que estiveram na moda entre os espiões da KGB durante a Guerra Fria. Elas eram escondidas em todos os objetos ou vestimentas imagináveis: bolsas femininas, fivelas de cintos, escovas de sapatos, anéis, gaiolas de pássaros e até gravatas.

Os microfones, outro clássico da espionagem, ficavam escondidos em cinzeiros, canetas ou pratos de porcelana.

A Julien's Auctions deu "um salto no mercado histórico de leilões e esperamos colecionadores de todo o mundo", disse à AFP Kody Frederick, um dos gerentes dessa empresa que costuma leiloar objetos da cultura pop ou de celebridades.

O leilão acontecerá em uma unidade da Julien's Auction e na internet. "Muita gente quer comprar peças únicas, de uma época em que o digital não existia", diz Frederick.

"As pessoas que criaram esses objetos foram realmente pioneiras da miniaturização", acrescenta Frederick, que compara o "celular gigante" para carros, "do tamanho de seis tijolos", com os smartphones de hoje.

Muitos objetos que serão leiloados no sábado passaram pelas mãos de verdadeiros agentes secretos e chegaram aos Estados Unidos no início da década de 1990, após a queda da União Soviética.

Eles foram brevemente reunidos em um "Museu da KGB" inaugurado em Nova York em janeiro de 2019, mas fechado devido à pandemia de covid-19.

Guarda-chuva mortal

Entre as peças está uma réplica do guarda-chuva com ponta envenenada usado para matar o escritor dissidente búlgaro Georgi Markov em Londres em 1978. O valor deste "guarda-chuva búlgaro" foi estimado entre US$ 3.000 (R$ 16,1 mil) e US$ 5.000 (R$ 26,9 mil).

Quase icônico em filmes de espionagem, o dente falso de cianeto existiu.

"O dente foi projetado para quebrar ao ser mordido de uma certa maneira, para que os agentes capturados pudessem se matar se necessário para evitar serem torturados e entregar informações comprometedoras", explica Julien's Auction.

Um desses dentes será leiloado e deve valer entre US$ 800 (R$ 4.300) e US$ 1.000 (R$ 5.374).

Embora tenham sido anunciados inicialmente, outros itens potencialmente mortais, como um tubo de batom e uma caneta esferográfica que disparavam uma bala, não serão leiloados devido aos regulamentos da Califórnia sobre a venda de armas de fogo.

Os interessados poderão, contudo, obter uma série de itens compartimentados para esconder microfilmes ou outros documentos: abotoaduras, sapatos de salto oco, moedas vazadas e até mesmo uma "cápsula retal".

A Julien's Auction também baterá o martelo para outras relíquias da Guerra Fria, incluindo um boletim escolar de Che Guevara de 1942, cartas com sua assinatura ou a de seu camarada Fidel Castro, incluindo uma que expõe planos de infiltração em Havana, cujo valor estimado está entre US$ 1.000 (R$ 5.374) e US$ 1.500 (R$ 8.000).

Também serão leiloados objetos relacionados à corrida entre Estados Unidos e União Soviética pela conquista do espaço.

Últimas