Internacional É impossível retirar civis de fábrica sob ataque russo sem 'cessar-fogo', diz governador ucraniano

É impossível retirar civis de fábrica sob ataque russo sem 'cessar-fogo', diz governador ucraniano

Cidade de Severodonetsk, onde está o complexo de Azot com 568 pessoas, é bombardeada há semanas pela Rússia

  • Internacional | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Severodonetsk é a maior cidade da região de Lugansk ainda sob controle ucraniano
  • Tropas russas concentram seus ataques na região do Donbass
  • Cerca de 10 mil civis permanecem em Severodonetsk
  • Cidade tinha em torno de 100 mil habitantes antes da guerra
Fumaça sobe da cidade de Severodonetsk durante combate entre tropas ucranianas e russas

Fumaça sobe da cidade de Severodonetsk durante combate entre tropas ucranianas e russas

Aris Messinis/AFP - 14.06.2022

É impossível retirar civis da fábrica química Azot em Severodonetsk, uma importante cidade no leste da Ucrânia, sem um "cessar-fogo total" - declarou o governador da região de Lugansk, Sergei Gaidai, nesta sexta-feira (17).

Ele destacou ainda que qualquer tentativa de deixar a fábrica, onde 568 pessoas estão abrigadas, incluindo 38 crianças, é "impossível e perigosa", devido aos bombardeios e constantes combates".

Severodonetsk é a maior cidade da região de Lugansk ainda sob controle ucraniano, mas é alvo de ataques russos há semanas.

As tropas russas concentram seus ataques na região do Donbass, no leste, que inclui Lugansk e Donetsk e é parcialmente controlada por separatistas pró-russos desde 2014.

Ao todo, cerca de 10 mil civis permanecem em Severodonetsk, que tinha em torno de 100 mil habitantes antes da guerra, segundo Gaidai.

Últimas