Guerra Israel x Hamas

Internacional Egito bloqueia entrada de estrangeiros pela fronteira com a Faixa de Gaza

Egito bloqueia entrada de estrangeiros pela fronteira com a Faixa de Gaza

Rafah é a única saída do território palestino que não é controlada por Israel; brasileiros aguarda autorização para deixar a Palestina

  • Internacional | Do R7, com EFE

Civis tentam fugir da guerra entre Hamas e Israel pela fronteira do Egito com a Faixa de Gaza

Civis tentam fugir da guerra entre Hamas e Israel pela fronteira do Egito com a Faixa de Gaza

Ibraheem Abu Mustafa/Reuters - 14.10.2022

As autoridades do Egito se recusaram a permitir neste sábado (14) que estrangeiros que estão na Faixa de Gaza entrem no país através da passagem fronteiriça de Rafah enquanto a ajuda humanitária não for autorizada a entrar no enclave palestino.

As informações foram divulgadas pela emissora de televisão egípcia Al Qahera News.

De acordo com testemunhas citadas pela emissora do Egito, um grupo indeterminado de cidadãos estrangeiros esperou várias horas na passagem fronteiriça sem obter qualquer resposta das autoridades egípcias.

Um grupo de 22 brasileiros aguarda a liberação da fronteira para ir até a cidade do Cairo. Todos devem embarcar em um avião do governo federal para retornar ao Brasil.

Segundo a agêmcia EFE, as autoridades egípcias começaram a colocar blocos de cimento ao redor da fronteira com Gaza e a reforçar a segurança devido ao medo de ataques ou de possíveis tentativas de entrada no Egito a partir da Faixa de Gaza.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu Whatsapp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram

A decisão do Egito é motivada pelo receio de um êxodo em massa, depois de Israel ter dado um ultimato à população de Gaza para se deslocar do norte da Faixa de Gaza para o sul.

Em 2009, muitos cidadãos palestinos a tentarem invadir a fronteira em busca de refúgio durantes as três semanas de cofrontos.

Rafah é a única saída da Faixa de Gaza que não é controlada por Israel e a única via para a ajuda humanitária entrar no enclave.

As autoridades egípcias relataram nos últimos dias que a área em torno da passagem de Rafah foi bombardeada por Israel, causando interrupções nas operações na passagem fronteiriça, embora o Egito afirme que mantém a passagem aberta ao “tráfego”, sem dar mais detalhes.

Últimas