Reino Unido

Internacional Elizabeth 2ª retoma atividades após celebrar 70 anos de reinado

Elizabeth 2ª retoma atividades após celebrar 70 anos de reinado

Aos 95 anos, rainha da Inglaterra se recuperou de problemas de saúde e está apta para voltar à rotina de compromissos reais

AFP
Rainha realizou comemoração discreta

Rainha realizou comemoração discreta

Joe Giddens/Pool/AFP - 5.2.2022

A rainha Elizabeth 2ª retornou nesta segunda-feira (7) ao Castelo de Windsor, a oeste de Londres, e deve retomar suas atividades, após comemorar em privacidade as sete décadas de reinado.

A monarca, de 95 anos, afastou-se da vida pública desde que enfrentou problemas de saúde, em outubro. Segundo a agência British Press Association, ela deve "retomar as atividades normais".

As primeiras atividades da rainha incluem uma recepção diplomática em Windosor em 2 de março e uma cerimônia para a Comunidade Britânica em 14 de março. Uma cerimônia religiosa em memória do falecido marido, Philip, acontecerá em 29 de março, segundo o Palácio de Buckingham.

No dia seguinte ao aniversário da ascensão de Elizabeth 2ª ao trono, em 6 de fevereiro, a King's Troop Royal Horse Artillery — unidade militar que leva o nome do pai da soberana, o falecido rei George 6º — disparou 41 tiros de canhão no Green Park, perto do Palácio de Buckingham, diante de centenas de pessoas. Uma hora depois, na famosa Torre de Londres, onde estão guardadas as joias da Coroa, mais 62 salvas foram disparadas. 

As salvas reais costumam ser compostas de 21 disparos, subindo para 41, se for de um parque ou da residência real. Quando a salva é executada de um monumento na capital, como é o caso da Torre de Londres, passam a ser 62 tiros de canhão, ou seja, 41 somados a outros 21.

Últimas