Internacional Em vídeo, artista Banksy lamenta que obra não foi inteira destruída

Em vídeo, artista Banksy lamenta que obra não foi inteira destruída

Artista inglês publicou vídeo em que afirma que, em todos os ensaios, um picotador escondido na moldura destruiu seu quadro por inteiro

Quadro 'Menina com Balão' se autodestruiu logo após ser leiloado em Londres

Quadro 'Menina com Balão' se autodestruiu logo após ser leiloado em Londres

Reprodução Instagram

No último dia 5 de outubro, o quadro "Menina com Balão", do inglês conhecido apenas como Banksy, foi parcialmente destruído logo após ser leiloado em Londres. O picotador de papel instalado na moldura, no entanto, não destruiu a obra por completo, como era a intenção do artista.

Em um vídeo postado na última quarta-feira (17), Banksy lamenta que o picotador tenha travado após destruir parte do quadro. "Em todos os ensaios, funcionou", escreveu o artista. A última imagem mostra uma cópia do quadro sendo totalmente picotada.

Assista o vídeo abaixo:

Depois que o quadro foi leiloado e parcialmente picotado, a compradora anônima que arrematou a obra por 1 milhão de libras (cerca de R$ 4,9 milhões), anunciou que manteve a aquisição, pelo mesmo valor

A companhia que representa Banksy disse que o artista mudou o nome da obra, de "Menina com Balão" ("Girl with Baloon", no original) para "O Amor Está No Lixo" ("Love is in the Bin").

Artista defende os leiloeiros

Já nesta quinta-feira (18), o artista fez um post no Instagram, chamando os internautas para verem o clipe com a destruição do quadro e assegurando que a casa que fez o leilão da obra não tinha nenhum conhecimento da 'pegadinha'.

Representantes da entidade afirmaram que a moldura original, que continha o picotador de papel, era uma exigência do artista para que o quadro fosse leiloado.

Últimas