Internacional Empresas de internet ucranianas bloqueiam acesso de soldados russos à rede

Empresas de internet ucranianas bloqueiam acesso de soldados russos à rede

Em colaboração com o governo da Ucrânia, companhias tentam dificultar comunicação de tropas de Moscou com a Rússia

  • Internacional | Do R7

Exército russo se prepara para ofensiva no leste da Ucrânia

Exército russo se prepara para ofensiva no leste da Ucrânia

Eyepress via Reuters Connect - 16.4.2022

O governo da Ucrânia, ao lado das empresas de internet do país, está bloqueando o acesso de tropas russas à rede mundial de computadores. O objetivo de Kiev é dificultar a comunicação entre soldados que estão na Ucrânia e com pessoas na Rússia.

Ao mesmo tempo que atua contra as forças armadas russas, o governo ucraniano e as empresas de telecomunicação do país invadido tentam reestabelecer a conexão de moradores de áreas que foram alvos do conflito armado.

A empresa ucraniana Kyivstar afirmou que na última semana as equipes de reparo da companhia substituíram 3,5 km de cabos de fibra óptica pelo país, segundo a agência russa Interfax.

Os danos também se estendem à malha de transportes. De acordo com o ministro de Infraestrutura ucraniano, Oleksandr Kubrakov, a invasão da Rússia já destruiu 30% da infraestrutura da Ucrânia, a um custo de reparo de mais de R$ 465 bilhões.

Ainda segundo Kubrakov, mais de 300 pontes, estradas federais e ferrovias foram destruídas ou danificadas desde o início da invasão russa, em 24 de fevereiro. Mais de 8.000 km de infraestrutura de transporte precisarão ser recuperados pelo governo ucraniano.

O ministro de Infraestrutura da Ucrânia acredita que o país pode levar até dois anos para reconstruir toda a estrutura civil danificada pela guerra com a Rússia.

Últimas