Internacional Encontro em Paris destaca mulheres na luta contra mudança climática

Encontro em Paris destaca mulheres na luta contra mudança climática

O Women4Climate serve para impulsionar projetos de mulheres no mundo todo, organizado em Paris pelo grupo de cidades contra o aquecimento global

  • Internacional | Da EFE

Women4Climate foi criada em 2016

Women4Climate foi criada em 2016

Facundo Arrizabalaga/EFE - 15.2.2019

O papel das mulheres é crucial no desenvolvimento de um futuro sustentável para todos, mas suas vozes nem sempre são ouvidas devido à menor representação nos órgãos de poder, segundo as denuncias de especialistas, instituições e ativistas em uma cúpula de grandes cidades contra a mudança climática realizada em Paris, nesta quinta-feira (21).

O encontro Women4Climate serve para impulsionar projetos de mulheres no mundo todo, organizado em Paris pelo grupo de cidades contra o aquecimento C40, que reúne 94 metrópoles comprometidas com a redução das emissões contaminantes.

"Nosso objetivo não é dizer que somos melhores, mas temos uma experiência de vida que nos permitiu desenvolver competências diferentes. É preciso colocá-las a serviço de nossas comunidades e isso não é possível se não tivermos nosso espaço reconhecido", disse a prefeita parisiense e presidente do C40, Anne Hidalgo.

Mulheres que lutam contra as mudanças climáticas

A Women4Climate foi criada em 2016 durante a reunião no México de prefeitos do C40 para lutar desde a perspectiva de gênero contra o aquecimento, e no final de 2020 terá apoiado projetos de 500 "heroínas do clima", segundo Hidalgo.

Entre elas, o da bióloga equatoriana Liliana Jaramillo, criadora do projeto Nativus, que reintroduz plantas nativas nas cidades para aumentar a biodiversidade.

Assim como o da francesa Clara Duchalet, também presente em Paris e fundadora da Vépluche, uma solução de economia circular para restaurantes que troca seus resíduos orgânicos por verduras e legumes.

"As mulheres são frequentemente as primeiras vítimas da mudança climática, mas também imaginam soluções e as põem em prática. Devemos usar suas competências para benefício de todos", acrescentou Hidalgo.

A terceira edição desta cúpula reuniu prefeitas, empresárias e empreendedoras. A jornada começou com um espetáculo humorístico das espanholas Rossy de Palma e Blanca Li, atriz e coreógrafa, que expuseram as dúvidas dos cidadãos na hora de contribuir com a reciclagem e outras medidas na luta contra o aquecimento.

Veja também: Estudantes da Bélgica protestam contra aquecimento global

Últimas