Internacional EUA apontam bloqueio de comida da Rússia na Ucrânia como razão para convulsão social no Sri Lanka

EUA apontam bloqueio de comida da Rússia na Ucrânia como razão para convulsão social no Sri Lanka

Antony Blinken demonstrou temor por outras crises econômicas com 20 milhões de toneladas de grãos represados no país europeu

  • Internacional | Do R7

Blinken apontou chance de outras crises sociais e políticas por causa da invasão russa

Blinken apontou chance de outras crises sociais e políticas por causa da invasão russa

MADE NAGI/EFE/EPA - 09.07.2022

O chefe da diplomacia dos Estados Unidos, Antony Blinken, disse, neste domingo (10), que o bloqueio da exportação de grãos da Ucrânia imposto pela Rússia, pode ter contribuído para os distúrbios no Sri Lanka, que vive uma convulsão social. Blinken ainda expressou temor sobre a possibilidade de que essa razão possa gerar mais crises em outros países.

"Estamos vivendo o impacto desta agressão russa de todos os lados. Pode ter contribuído para a situação no Sri Lanka. Estamos preocupados pelas implicações no mundo todo", disse.

O chanceler reiterou o pedido para a Rússia deixar saírem os 20 milhões de toneladas de grãos represados na Ucrânia, aonde as tropas do Kremlin chegaram em fevereiro.

"Constatamos no mundo todo uma insegurança alimentar crescente que se tornou exacerbada com a agressão da Rússia contra a Ucrânia", declarou.

O Sri Lanka atravessa uma profunda crise econômica e política por causa da escassez de comida, medicamentos e combustíveis.

No sábado (9), uma multidão invadiu o palácio presidencial em Colombo, capital do país, o que obrigou o mandatário Gotabaya Rajapaksa a fugir e anunciar que vai deixar o cargo na próxima quarta-feira (13).

Multidão usa academia, piscina e até a cama no palácio do presidente do Sri Lanka:

Últimas