Internacional Ex-coelhinha da Playboy é encontrada morta nos EUA

Ex-coelhinha da Playboy é encontrada morta nos EUA

Policiais encontraram o corpo de Christina Carlin-Kraft, de 36 anos, em um apartamento na cidade de Filadélfia. Polícia investiga o caso

  • Internacional | Carolina Vilela*, do R7 com agências internacionais

Modelo foi encontrada morta em apartamento

Modelo foi encontrada morta em apartamento

Reprodução/Facebook

A ex-coelhinha da revista norte-americana Playboy Christina Carlin-Kraft, de 36 anos, foi encontrada morta estrangulada em seu apartamento na cidade de Filadélfia, nos Estados Unidos, na última quarta-feira (22). As informações são do jornal New York Daily News.

De acordo com o promotor distrital do condado de Montgomery, Kevin R. Steele, o corpo da ex-coelhinha foi descoberto após a polícia ter recebido uma ligação pedindo que eles verificassem o apartamento, por volta das 21h do horário local. 

A autópsia confirmou que a modelo foi estrangulada com uma corda. Investigadores acreditam que tenha sido um crime pessoal e que os moradores da região não correm perigo.

O pai da modelo, Stuart Kraft, de 65 anos, deu uma entrevista para o jornal britânico Daily Mail onde disse que acredita que alguém tirou vantagem da felicidade e gentileza de sua filha. "Ela era uma mulher despreocupada, amava a vida", afirmou Kraft, que também contou que o irmão da modelo está ajudando a polícia com a investigação.

Ainda segundo Kraft, o namorado de Christina há 14 anos, Alexander Ciccotelli, está "devastado".

*Estagiária do R7 sob supervisão de Plínio Aguiar

Últimas