Internacional Ex-presidente Trump recebe críticas após jantar com rapper Kanye West

Ex-presidente Trump recebe críticas após jantar com rapper Kanye West

O ex-chefe do Executivo americano confirmou que participou de um jantar com o músico, que está no centro de polêmicas

AFP
Donald Trump e Kanye West

Donald Trump e Kanye West

TIMOTHY A. CLARY / AFP-13/12/2016

O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump foi duramente criticado, neste sábado (26), pela Casa Branca e por parte do próprio Partido Republicano por ter jantado, nesta semana, com o rapper Kanye West e um supremacista branco.

West, que atende pelo nome de Ye, tem estado no centro de uma série de polêmicas, inclusive por ter postado declarações denunciadas como antissemitas em suas redes sociais.

Aspirante à candidatura republicana nas eleições presidenciais de 2024, Trump confirmou que participou de um jantar com a estrela da moda e do rap em Mar-a-Lago, sua residência na Flórida — o que logo despertou fortes críticas por parte das lideranças políticas do país.

"A intolerância, o ódio e o antissemitismo não têm lugar nos Estados Unidos, nem mesmo em Mar-a-Lago", disse o porta-voz da Casa Branca, Andrew Bates.

No jantar, também estava presente Nick Fuentes, um jovem de 24 anos conhecido por espalhar ideias supremacistas brancas em seus podcasts.

Segundo a organização Liga Antidifamação (ADL, na sigla em inglês), Fuentes também é um negacionista do Holocausto judeu na Segunda Guerra Mundial.

"Você não quer saber o que penso sobre isso", declarou o presidente Joe Biden, por sua vez, ao ser questionado.

Protestos também surgiram dentro do campo de Trump.

"Qualquer encontro, mesmo por cortesia, com um antissemita como Kanye West e uma escória como Nick Fuentes é inaceitável", afirmou David Friedman, embaixador dos EUA em Israel durante a presidência do magnata republicano.

"Quero dizer ao meu amigo Donald Trump que ele é melhor do que isso", tuitou o diplomata.

O ex-inquilino da Casa Branca se defendeu em suas redes sociais e garantiu que a refeição foi "rápida" e "sem incidentes". Ele declarou que se deu "muito bem" com Kanye West, que não tinha feito "nenhum comentário antissemita”.

© Agence France-Presse

Últimas