Irã

Internacional Explosões durante homenagem a comandante assassinado no Irã terminam com dezenas de mortos

Explosões durante homenagem a comandante assassinado no Irã terminam com dezenas de mortos

Mídia estatal iraniana diz que pelo menos 103 pessoas faleceram, no que chamou de ações 'terroristas', nesta quarta-feira

  • Internacional | Do R7

Explosivos foram detonados no meio da multidão

Explosivos foram detonados no meio da multidão

Majid Asgaripour/WANA (West Asia News Agency) via REUTERS - 03.01.2024

Pelo menos 103 pessoas morreram em 'explosões terroristas' durante uma cerimônia na cidade de Carmânia, no leste do Irã, nesta quarta-feira (3), informou a imprensa estatal do país. Naquele momento, milhares de pessoas se reuniam em homenagem ao aniversário da morte do general Qassem Soleimani, alvo de um ataque americano em 3 de janeiro de 2020.

Cerca de 200 pessoas ficaram e precisaram ser socorridas, segundo a agência de notícias iraniana Mehr, que acrescenta que relatos não confirmados dão conta de que "sacos contendo bombas explodiram no meio da multidão", reunida próxima ao cemitério onde Soleimani foi enterrado, em sua cidade natal.

Houve duas explosões em um intervalo de dez minutos. O vice-governador da província da Carmânia afirmou que o incidente foi um "ato de terrorismo", de acordo com a agência de notícias Fars. 

Últimas