Internacional França eleva nível de vigilância terrorista ao máximo após ataques

França eleva nível de vigilância terrorista ao máximo após ataques

País teve ataque em Nice, que deixou 3 mortos e uma tentativa de atentado em Avignon. Alerta permite que medidas excepcionais sejam tomadas

  • Internacional | Da EFE, com R7

França eleva alerta de segurança para máximo

França eleva alerta de segurança para máximo

EFE/EPA/SEBASTIEN NOGIER - 29.10.2020

O governo francês elevou nesta quinta-feira (29) o nível de alerta terrorista em todo o país após o atentado que matou três pessoas em uma igreja católica em Nice, no sul da França, anunciou o primeiro-ministro, Jean Castex.

Diante da Assembleia Nacional, Castex considerou o ataque "ignóbil, bárbaro e abjeto" e prometeu uma resposta "firme, implacável e imediata".

O primeiro-ministro anunciou a convocação de um Conselho de Defesa extraordinário para amanhã, sexta-feira.

Castex indicou que a França elevou o alerta de vigilância terrorista no nível de "urgência de ataque", o máximo da escala, previsto para momentos de risco de ameaça terrorista "iminente" ou após a ocorrência de um ataque.

A este nível, que deve ser limitado, são permitidas medidas de alerta excepcionais para a população.

Até agora, a França apresentava um nível de “risco de ataque”, o segundo maior, que não é limitado no tempo e que permite reforçar a segurança em locais sensíveis.

Castex prestou homenagem às forças da ordem, em particular à polícia municipal de Nice, que foi a primeira a chegar à igreja e reduziu o agressor.

O autor do ataque está ferido e hospitalizado e, de acordo com o prefeito de Nice, Christian Estrosi, gritou repetidamente "Deus é maior".

O Ministério Público Antiterrorista abriu uma investigação, enquanto o presidente, Emmanuel Macron, segue para Nice.

Além do ataque em Nice, um homem na região de Avignon ameaçou pedestres com uma arma enquanto gritava "Allahu Akbar". Ele foi morto pela polícia.

Na Arábia Saudita, um segurança foi atacado no consulado da França. Segundo a mídia local, o homem teve apenas ferimentos leves. 

Últimas