Internacional Fujimori descarta derrota no Peru e alega irregularidade na eleição

Fujimori descarta derrota no Peru e alega irregularidade na eleição

Segundo candidata, apesar do fim das apurações ainda estão pendentes pedidos de anulação de cerca de 200 mil votos 

Fujimori descarta derrota no Peru e alega irregularidade na eleição

Fujimori descarta derrota no Peru e alega irregularidade na eleição

Sebastian Castaneda/Reuters - 12.6.2021

A candidata à Presidência do Peru Keiko Fujimori declarou que, embora a contagem dos votos tenha terminado oficialmente apontando a vitória de seu adversário, Pedro Castillo, ela não se deu por vencida porque ainda estão pendentes pedidos de anulação de aproximadamente 200 mil votos devido a supostas irregularidades em seções eleitorais.

Diante de centenas de apoiadores com bandeiras peruanas, Keiko lhes agradeceu o apoio e prometeu "defender a democracia" no país, pedindo-lhes que permaneçam vigilantes e que se mobilizem pacificamente.

Da sede de seu partido, o Força Popular, no centro de Lima, a candidata de direita se disse emocionada com o carinho dos eleitores.

"Não nos deixemos confundir. Hoje saiu um resultado de apuração do ONPE (Escritório Nacional de Processos Eleitorais), mas o mais importante está faltando, que é o voto das atas apeladas, aquelas mais de 800 atas apeladas pelas falhas observadas e das quais foi solicitada nulidade", disse Keiko, referindo-se às observações que apresentou por supostas irregularidades e suspeitas de fraude em seções eleitorais.

Entretanto, até agora, o Júri Nacional de Eleições (JNE), o mais alto órgão eleitoral do Peru, já rejeitou a maioria dos pedidos de nulidade, incluindo alguns em segunda instância, e há apenas pouco mais de 100 atas a serem resolvidas.

"Confiamos nos órgãos eleitorais, mas acima de tudo confiamos na vontade do povo, e sabemos que quando eles analisarem essas irregularidades, muito provavelmente nos darão a razão", acrescentou a candidato, que concorreu pela terceira vez à presidência do Peru e está perto do terceiro revés.

Com a apuração terminada, Castillo obteve 8.835.579 votos (50,12%), uma diferença de 44.058 sobre a concorrente, que recebeu o apoio de 8.791.521 eleitores (49,87%).

Últimas