Internacional Gasto militar global aumenta 2,6% em 2020 apesar da pandemia

Gasto militar global aumenta 2,6% em 2020 apesar da pandemia

EUA, China, Índia, Rússia e Reino Unido representam juntos 62% do total de R$10,7 trilhões das despesas no setor no último ano

Reuters
Mundo gastou R$ 10,7 trilhões com as forças armadas

Mundo gastou R$ 10,7 trilhões com as forças armadas

Ministério da Defesa da Rússia/Divulgação via REUTERS

O gasto militar global aumentou 2,6% e chegou a 1,98 trilhão de dólares no ano passado, mais de R$10,7 trilhões, apesar de alguns fundos de defesa terem sido realocados para o combate à pandemia de covid-19, informou o Instituto Internacional de Pesquisas para a Paz de Estocolmo (Sipri) em um relatório publicado nesta segunda-feira (26).

Os cinco países que mais gastaram em 2020, e que juntos representaram 62% dos dispêndios militares mundiais, foram Estados Unidos, China, Índia, Rússia e Reino Unido, nesta ordem.

"Podemos dizer com alguma certeza que a pandemia não teve um impacto significativo no gasto militar global em 2020", disse Diego Lopes da Silva, pesquisador do Sipri, em um comunicado.

Apesar de o Produto Interno Bruto (PIB) global ter recuado por causa da pandemia, o gasto militar como porção do PIB atingiu uma média mundial de 2,4% em 2020 – mais do que os 2,2% de 2019.

Mas alguns países, como Chile e Coreia do Sul, redirecionaram parte de seu desembolso militar planejado para a reação à pandemia. Vários outros, como Brasil e Rússia, gastaram consideravelmente menos do que seus orçamentos militares para 2020.

O gasto militar norte-americano atingiu estimados 778 bilhões de dólares no ano passado, 4,4% a mais do que em 2019. Com o maio orçamento de defesa do mundo, os EUA responderam por 39% do gasto militar global de 2020.

Foi o terceiro ano consecutivo de crescimento do gasto militar norte-americano na esteira de sete anos de reduções contínuas.

Estima-se que o desembolso militar da China, o segundo maior do mundo, totalizou 252 bilhões de dólares em 2020, um aumento de 1,9% na comparação com o ano anterior. O gasto militar chinês aumenta há 26 anos consecutivos, a série mais longa de aumentos constantes de qualquer país na base de dados do Sipri.

Palestinos lutam para sobreviver em UTI na Faixa de Gaza

Últimas