Internacional Gaza: bombardeio de Israel após disparos do Hamas deixa um morto

Gaza: bombardeio de Israel após disparos do Hamas deixa um morto

Vítima era combatente do grupo extremista islâmico; durante perseguição a palestinos armados, dois soldados israelenses foram baleados

Bombardeio em Gaza

Bombardeio se deu em região fronteiriça

Bombardeio se deu em região fronteiriça

REUTERS/Mussa Qawasma/25.05.2018

Um bombardeio israelense na fronteira com a Palestina deixou morto um combatente do grupo extremista Hamas nesta segunda-feira (28). O incidente se deu enquanto soldados de Israel perseguiam outros dois militantes palestinos que tentavam atravessar a Faixa de Gaza. As informações são da agência de notícias Reuters.

Durante a perseguição aos palestinos, que estavam armados com "facas, cortadores de arame e material combustível", os soldados israelenses foram baleados. "Em resposta, um tanque das Forças de Defesa de Israel atacou um posto de observação militar adjacente", declararam os oficiais israelenses.

O Hamas, grupo extremista islâmico que domina a Faixa de Gaza, confirmou que um de seus membros foi morto quando um posto na região fronteiriça foi atingido por bombas.

Os dois palestinos que tentaram atravessar a fronteira foram detidos por Israel, segundo os militares do país.

Sirene na fronteira

Também nesta quarta-feira (28), sirenes alertando para o lançamento de foguetes contra Israel soaram na cidade israelense de Sderot, que faz fronteira com a Faixa de Gaza.

A ocorrência foi reportada pela jornalista Anna Ahronheim, que cobre assuntos militares e de defesa pelo jornal The Jerusalem Post, no Twitter. Segundo Anna, não houve relatos de explosões após o soar dos alarmes — que teriam sido ativados pelo uso de metralhadoras pesadas na região fronteiriça.

    Access log