Internacional General da Guarda Revolucionária do Irã morre em 'missão' na Síria

General da Guarda Revolucionária do Irã morre em 'missão' na Síria

Não foram divulgados detalhes sobre a morte de  Abolfazl Alijani; mídia estatal iraniana informa que caso ocorreu no domingo (21)

  • Internacional | Do R7

 General da Guarda Revolucionária, o exército ideológico do Irã, morre em "missão" na Síria

General da Guarda Revolucionária, o exército ideológico do Irã, morre em "missão" na Síria

Lisi Niesner/Reuters - 24/05/2022

Um general da Guarda Revolucionária, o exército ideológico do Irã, morreu durante uma "missão" na Síria, informou um veículo da mídia estatal iraniana.

"O general Abolfazl Alijani, membro das forças terrestres da Guarda que estava em missão na Síria como conselheiro militar, caiu como mártir no domingo", informou a televisão estatal em seu site.

O jornal descreve Alijani como um "defensor do santuário", termo que se refere aos que trabalham para o Irã na Síria ou no Iraque.

Não foram revelados mais detalhes sobre o ataque em que ele morreu. A Guarda Revolucionária está na lista de "grupos terroristas" elaborada pelo governo dos Estados Unidos.

O Irã ajuda o regime sírio de Bashar al-Assad, seu aliado, na guerra e afirma enviar conselheiros militares para aquele país.

No início de agosto, as autoridades iranianas organizaram funerais na capital Teerã e em outras cidades do país para cinco membros da Guarda mortos na Síria há vários anos.

Últimas