Internacional Governador relata 'batalha feroz' em Severodonetsk, cidade estratégica no leste da Ucrânia

Governador relata 'batalha feroz' em Severodonetsk, cidade estratégica no leste da Ucrânia

Forças da Rússia promovem bombardeios e tentam assumir o controle da região há semanas

AFP
Ucraniano em veículo se move em direção à cidade de Lysychansk, vizinha de Severodonetsk

Ucraniano em veículo se move em direção à cidade de Lysychansk, vizinha de Severodonetsk

Aris Messinis/AFP - 09.06.2022

Autoridades ucranianas relataram neste sábado (18) uma "batalha feroz" contra tropas russas no leste do país, em torno da cidade de Severodonetsk, uma posição que as forças de Moscou tentam assumir há semanas.

"Agora a batalha mais feroz está perto de Severodonetsk", disse o governador da região de Lugansk, Sergiy Gaidai, que disse que as forças russas não controlam toda a cidade.

"Nas cidades vizinhas há batalhas muito difíceis, em Toshkivska e Zolote. Eles tentaram avançar, mas não conseguiram", disse ele em mensagem no Telegram.

A autoridade local também informou que as forças ucranianas conseguiram derrubar um avião russo e fizeram prisioneiros.

O governador informou que Lysychansk, a cidade vizinha de Severodonetsk, separada por um rio, está sendo "fortemente bombardeada". "Os russos não podem chegar perto, então bombardeiam a cidade", disse ele.

Gaidai relatou mais "destruição" na fábrica de produtos químicos Azot em Severodonetsk, onde centenas de civis se refugiaram.

Na última sexta-feira (17), autoridades locais informaram que há 568 pessoas na usina, incluindo 38 crianças, e observou que uma evacuação é "impossível e perigosa" "devido aos constantes bombardeios e combates".

Também na sexta-feira, a ONU alertou que a situação no leste da Ucrânia é "extremamente alarmante" e que o acesso a água, alimentos, saneamento e eletricidade está diminuindo em Severodonetsk.

Últimas