Internacional Haiti anuncia prisão de suposto autor do assassinato de presidente

Haiti anuncia prisão de suposto autor do assassinato de presidente

Primeira-dama também foi atingida por disparos. País passa por uma intensa crise política e econômica desde 2018

  • Internacional | EFE

Jovenel Moise foi assassinado dentro de sua casa no último dia 7

Jovenel Moise foi assassinado dentro de sua casa no último dia 7

JEAN MARC HERVE ABELARD/EFE - 18.05.2021

As autoridades do Haiti anunciaram neste domingo (13) a detenção do médico Emmanuel Sanon, um dos supostos autores intelectuais do assassinato do presidente Jovenel Moise.

"Quando o avanço dos bandidos foi bloqueado, a primeira pessoa que chamaram foi Emmanuel Sanon", declarou o diretor-geral da Polícia Nacional haitiana, Léon Charles.

Na última quarta-feira (7), Moïse foi assassinado dentro da residência oficial. A primeira-dama, Martine Marie Etienne Joseph Moïse, também foi baleada.

O país passa por uma intensa crise política e econômica. Desde 2018, milhares de haitianos marcham pelas ruas do país e pedem melhores condições de vida.

Os protestos começaram depois do aumento do preço da gasolina, em 2018, e causaram a renúncia do então primeiro-ministro, Jack Guy Lafontant.

Neste ano, os protestos pediam a renúncia de Moise, um empresário do setor da banana que chegou ao cargo sem experiência política.

Últimas