Guerra Israel x Hamas

Internacional Hamas mantém em cativeiro pelo menos 34 menores de idade e 8 idosos com mais de 80 anos

Hamas mantém em cativeiro pelo menos 34 menores de idade e 8 idosos com mais de 80 anos

Um bebê de 9 meses e um senhor com 85 anos estão entre as 240 pessoas levadas para a Faixa de Gaza pelos terroristas

  • Internacional | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Terroristas do Hamas sequestraram 240 pessoas no dia 7 de outubro.
  • Israel nega um cessar-fogo enquanto civis estiverem em cativeiro.
  • Organização terrorista tenta usar reféns como moeda de troca.
  • Quatro pessoas foram libertadas e uma militar foi resgatada.
Pessoas exibem fotos de familiares e amigos sequestrados pelo Hamas no dia 7 de outubro

Pessoas exibem fotos de familiares e amigos sequestrados pelo Hamas no dia 7 de outubro

Ammar Awad/Reuters - 13.11.2023

Os terroristas do Hamas sequestraram pelo menos 34 menores de idade durante o ataque ao território israelense no dia 7 de outubro, segundo dados compilados pela agência de notícias AFP.

Pelo menos 17 crianças que estão nos cativeiros subterrâneos da organização terrorista têm 10 anos ou menos.

O refém mais jovem é Kfir Bibas, de 9 meses, que foi sequestrado com toda a família: o irmão Ariel, de 4 anos, e os pais, Yarden e Shiri.

Entre os capturados há pelo menos oito idosos com 80 anos ou mais. O mais velho, Yaffa Adar, tem 85 anos. O vídeo de seu sequestro, a bordo do que parece ser um carrinho de golfe, foi amplamente compartilhado nas redes.

Pelo menos 31 famílias israelenses têm vários parentes reféns. As duas mais afetadas afirmam ter cada uma sete membros sequestrados pelos terroristas do Hamas.

Libertação de reféns

Idosa e jovem israelenses que estão com o grupo terrorista Jihad Islâmica

Idosa e jovem israelenses que estão com o grupo terrorista Jihad Islâmica

Reprodução/Telegram/Hamas

Os terroristas do Hamas realizaram a ação que foi o estopim do conflito de forma conjunta com outras organizações que atuam no Oriente Médio. As Brigadas Al-Quds, braço armado do grupo terrorista Jihad Islâmica, participaram do ataque ao território israelense e também capturaram civis.

Um vídeo divulgado pelos terroristas mostra uma idosa e um garoto que estão em cativeiro. Os dois seriam usados como moeda de troca caso o governo de Israel aceitasse as condições impostas para a libertação.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, já afirmou em mais de uma ocasião que não haverá cessar-fogo na Faixa de Gaza enquanto todos os reféns não forem soltos.  

O Hamas libertou quatro pessoas ao longo do primeiro mês de guerra com Israel: mãe e filha americanas e duas idosas israelenses. Uma soldado também foi resgatada pelo Exército de Israel durante incursões por terra na zona de guerra.

Os terroristas divulgam fotos e vídeos de reféns para tentar pressionar o governo de Israel a ceder aos pedidos de libertação de prisioneiros palestinos.

O Hamas afirmou, na última segunda-feira (13), que libertará 70 reféns se os bombardeios forem suspensos por cinco dias e se mais de 200 crianças palestinas e 75 mulheres deixarem as prisões de Israel.

'Túnel do terror', localizado sob mesquita em Gaza, leva militares israelenses a esconderijo do Hamas

Últimas