Internacional Homem abre fogo em escola na Rússia e deixa mortos e feridos

Homem abre fogo em escola na Rússia e deixa mortos e feridos

Segundo a imprensa local, há mais de dez pessoas feridas e que foram levadas para hospitais da região

AFP

Ao menos treze pessoas morreram nesta segunda-feira (26) em um tiroteio em uma escola de Izhevsk, cidade russa que fica a leste de Moscou, informaram as agências de notícias Interfax e Ria Novosti. O atirador cometeu suicídio.

"Treze pessoas, das quais seis adultos e sete menores de idade, morreram neste crime", afirmou em um comunicado o Comitê de Investigações da Rússia. Vários feridos já foram encaminhados para hospitais da região.

Foto do local do ataque mostrado pela agência Tass:

Alguns minutos antes, o governador da região, Alexander Brechalov, anunciou em um discurso emocionado que entre as vítimas estavam crianças.

O ataque aconteceu na escola n°88 de Izhevsk. O governador afirmou que "uma pessoa não identificada" entrou no centro de ensino, matou um segurança e abriu fogo contra as crianças.

"A operação de retirada terminou e o perímetro está isolado", disse Brechalov no vídeo divulgado no Telegram. Ele também informou que a Guarda Nacional da Rússia, o FSB (Serviço Federal de Segurança) e as autoridades responsáveis pela investigação estão no local.

Últimas