Reino Unido

Internacional Homem armado é preso ao invadir área do castelo da rainha Elizabeth

Homem armado é preso ao invadir área do castelo da rainha Elizabeth

Jovem de 19 anos entrou na propriedade do castelo de Windsor, onde a monarca passou o Natal

AFP
Rainha Elizabeth 2ª visita o Instituto de Mudanças Climáticas na Universidade de Edimburgo

Rainha Elizabeth 2ª visita o Instituto de Mudanças Climáticas na Universidade de Edimburgo

Jane Barlow/Reuters - 01.07.2021

A polícia britânica deteve um homem acusado de se infiltrar no castelo de Windsor, onde a rainha Elizabeth 2ª passou o Natal. A mídia local noticiou neste domingo (26) que o suspeito carregava uma besta (arma com um arco de flechas acionado por um gatilho).

A polícia interveio às 8h30 no horário local (5h30 em Brasília) neste sábado (25), depois que um dos alarmes disparou.

Um homem de 19 anos foi "preso por ser suspeito de ter entrado em um espaço protegido e estar de posse de uma arma", disse a polícia em um comunicado na noite deste sábado.

“Podemos confirmar que os procedimentos de segurança foram ativados logo após o homem entrar no campo e que ele não entrou em nenhum prédio”, informou. A polícia ainda acrescentou que membros da família real foram informados do incidente

A rainha Elizabeth 2ª, 95, passou as férias de Natal no castelo de Windsor, nos arredores de Londres, que agora é sua principal residência.

Em suas primeiras festas sem o marido Philip, falecido em abril aos 99 anos, a rainha recebeu no sábado a visita de vários membros da família real, como seus filhos Charles e Edward.

O jornal Daily Mirror informou que o suspeito foi localizado por câmeras de vigilância e que carregava uma besta.

“Os agentes de segurança não acreditaram no que viram”, disse uma fonte ao tabloide. Segundo o relato, um dispositivo de segurança impressionante foi implantado "para garantir a segurança da rainha".

Para o veículo, é previsível que haverá "uma avaliação importante dos processos de segurança" após o incidente.

O Mail on Sunday explica que, portando a besta, o detido utilizou uma escada feita de cordas para escalar as barreiras metálicas da residência.

A publicação informou que, embora as bestas sejam consideradas armas letais no Reino Unido, os proprietários delas não precisam de licença nem registro.

Em sua mensagem de Natal, que neste ano teve um tom muito pessoal, Elizabeth 2ª homenageou seu falecido marido e afirmou que sentia sua falta.

2021 foi um ano conturbado para a família real britânica

Últimas