Homens-bomba causam explosões na capital da Tunísia

Incidentes foram registrados em Túnis perto da embaixada da França e alvos seriam policiais. Ao menos um agente da polícia morreu 

Explosão foi registrada nas proximidades da embaixada da França em Túnis

Explosão foi registrada nas proximidades da embaixada da França em Túnis

REUTERS/Zoubeir Souissi/27.06.2019

Uma explosão causada por homem-bomba foi registrada nesta quinta-feira (27) nas proximidades da embaixada da França em Túnis, capital da Tunísia, deixando ao menos um policial morto. As informações são da rede árabe Al Jazeera.

A publicação diz que há várias outras vítimas em decorrência do incidente registrado na rua Charles de Gaulle. Até o momento, o ministro do Interior divulgou que, além do agente morto, um policial e três civis foram feridos. 

Vídeos e fotografias publicados nas redes sociais mostram a destruição e o movimento lugar do atentado — que teria como alvo a polícia local.

O ministro do Interior confirmou também que uma segunda explosão causada por homem-bomba foi registrada perto de um posto policial na vizinhança logo após o primeiro ataque, deixando quatro pessoas feridas. 

Segunda explosão ocorreu perto de posto policial

Segunda explosão ocorreu perto de posto policial

REUTERS/Zoubeir/27.06.2019

Ataques anteriores

As explosões desta quinta-feira ocorrem quatro anos depois que dois ataques terroristas causaram a morte de ao menos 60 pessoas em um museu e um resort na Tunísia. O grupo extremista islâmico Daesh assumiu responsabilidade pelos atentados.

Em fevereiro deste ano, um tribunal tunisiano condenou sete pessoas à prisão perpétua pelos incidentes.