Internacional Imagens de satélite mostram Mariupol destruída após semanas de bombardeios da Rússia

Imagens de satélite mostram Mariupol destruída após semanas de bombardeios da Rússia

Ataques destruíram oito em cada dez residências na cidade; população sofre com falta de água, alimentos e remédios

  • Internacional | Do R7

Imagens de satélite mostram diversos focos de incêndio após semanas de ataques russos

Imagens de satélite mostram diversos focos de incêndio após semanas de ataques russos

Maxar Technologies/Reuters - 22.03.2022

Imagens de satélite mostram a cidade de Mariupol, no sul da Ucrânia, destruída após semanas de bombardeios russos. A população local enfrenta a falta de água, alimentos e remédios.

As fotos mostram que há diversos focos de incêndio causados pelas ofensivas militares da Rússia. O confronto entre os dois países na região ocorre desde o início da guerra, em 24 de fevereiro. 

Os bombardeios russos causaram danos não só em alvos militares, mas também em prédios e instalações civis. Na semana passada, um ataque a um teatro que tinha mais de mil pessoas em um abrigo subterrâneo, os chamados bunkers, deixou mortos e feridos. 

Segundo a prefeitura local, oito em cada dez residências de Mariupol foram destruídas nas últimas semanas. Muitas dessas construções não poderão nem ser reconstruídas ou restauradas após a guerra. As autoridades ucranianas estimam que a cidade foi alvo diário de pelo menos 50 bombas russas.

Nesta quarta-feira (23), o presidente ucraniano acusou os russos de terem capturado uma coluna humanitária que se dirigia a Mariupol. Segundo Volodmir Zelenski, cerca de 100 mil pessoas vivem na cidade em condições "subumanas". Ele disse que seus representantes estão avançando em negociações difíceis, às vezes "escandalosas".

Zelenski afirmou que há mais de uma semana as autoridades tentam organizar corredores humanitários estáveis para os moradores de Mariupol, mas que quase todas as tentativas são "frustradas pelos ocupantes russos por meio de bombardeios ou terror deliberado".

Mariupol tem focos de incêndio e muitos escombros após ataques russos

Mariupol tem focos de incêndio e muitos escombros após ataques russos

Maxar Technologies/Reuters - 12.03.2022

Localização estratégica

Cidade de Mariupol se localiza em região estratégica para a Rússia

Cidade de Mariupol se localiza em região estratégica para a Rússia

Marimé Brunengo, Jonathan Jacobsen, Jochen Gebauer, Maria Cecilia Rezende/AFP

Localizada perto do mar de Azov, Mariupol é uma região estratégica para a Rússia porque está próxima de regiões separatistas, como Donetsk e Lugansk. Se a cidade for tomada, os russos criarão um corredor por terra da Crimeia até os territórios ucranianos pró-Rússia. 

Mariupol também tem o maior porto da região; se ele for conquistado, estará bloqueado o abastecimento da Ucrânia, que já se encontra prejudicado desde o início da guerra com a Rússia, e isso afetará ainda mais a economia do país.

A cidade também é um dos principais pontos de resistência ucraniana, e os russos não querem levar essa derrota para casa. Os combates já destruíram 80% dos prédios residenciais, segundo a prefeitura de Mariupol. A situação obrigou 30 mil pessoas a deixar a região.

O número oficial de mortos na cidade desde a invasão é de 2.400, mas um conselheiro da prefeitura disse em entrevista à rádio ucraniana Current Time que estima que cerca de 20 mil pessoas tenham morrido.

Últimas