Rússia x Ucrânia

Internacional Imagens mostram que civis de Bucha foram alvos de ataques intencionais, afirma ONU

Imagens mostram que civis de Bucha foram alvos de ataques intencionais, afirma ONU

Fotos de cadáveres nas ruas da cidade provocaram onda de indignação mundial

AFP
Foto de satélite mostra que civis foram atacada deliberadamente nas ruas de Bucha

Foto de satélite mostra que civis foram atacada deliberadamente nas ruas de Bucha

Satellite image ©2022 Maxar Technologies / AFP

As imagens procedentes de Bucha, cidade ucraniana onde foram encontrados dezenas de corpos após a retirada das tropas russas, apontam para o fato de que os civis foram atacados "deliberadamente", ou seja, de forma intencional, afirmou nesta terça-feira (5) a porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos.

"Todas os sinais apontam para o fato de que as vítimas foram alvos deliberados e assassinadas diretamente. E estas evidências são muito preocupantes", declarou Elizabeth Throssell, em uma entrevista coletiva em Genebra, ao recordar que o direito humanitário internacional proíbe atacar deliberadamente os civis. Isto equivale a um crime de guerra.

"É necessário investigar, mas mas embora possamos entender que um prédio, por exemplo, seja bombardeado em um contexto militar, é difícil imaginar qual seria o contexto militar de um indivíduo caído no chão com uma bala na cabeça ou de ter seu corpo queimado", insistiu.

Throssell afirmou que no momento o organismo da ONU não tem nenhum representante na cidade próxima a Kiev.

A divulgação pela imprensa internacional de imagens da cidade que mostram cadáveres nas ruas, alguns deles com as mãos amarradas ou parcialmente queimados, ou valas comuns, provocou uma onda de indignação.

As autoridades ucranianas acusam os soldados russos por um massacre de civis. Moscou nega e acusa Kiev de "encenar" as mortes.

Últimas