Internacional Incidente no Canal de Suez deixa mais de 230 barcos ancorados

Incidente no Canal de Suez deixa mais de 230 barcos ancorados

Navegação pelo canal foi suspensa temporariamente e autoridades tentam desencalhar navio que bloqueou circulação

  • Internacional | Da EFE

Mais de 230 barcos esperam para poder cruzar Canal de Suez

Mais de 230 barcos esperam para poder cruzar Canal de Suez

Amr Abdallah/Reuters - 25.3.2021

Mais de 230 barcos estavam ancorados nesta sexta-feira a espera de poder transitar pelo Canal de Suez, que está bloqueado há três dias pelo cargueiro Ever Given, enquanto continuam os trabalhos no local para poder desencalhar a embarcação.

A companhia Leth Agencies, que oferece serviços logísticos em vários canais e estreitos do mundo, calculou que estão totalmente parados atualmente 237 barcos no acesso norte de Suez (no mar Mediterrâneo), e no acesso sul (no mar Vermelho).

A maioria das embarcações, 107, estão na região de Suez, onde o porto está congestionado, tiveram que ser encoradas no golfo situado entre o Egito continental e a península do Sinai, como é possível se ver em imagens de satélite.

Ontem, a Autoridade do Canal de Suez suspendeu a navegação de forma temporária por via marítima. Hoje, o órgão indicou estar fazendo todos os esforços para desencalhar o navio cargueiro, para permitir a regularização da navegação mundial o mais rapidamente possível.

Tanto a empresa japonesa Shoei Kisen, proprietária da embarcação encalhada, quanto a multinacional Bernhard Schulte Shipmanagement, gerente da mercadoria transportada, estão colaborando nas tarefas para tentar mover o Ever Given.

O cargueiro tem 400 metros de comprimento e capacidade para levar 224 mil toneladas, e ficou preso devido aos ventos fortes no meio de uma tempestade de areia que atingiu o Egito esta semana, dificultando a visibilidade.

Últimas