Internacional Iota causa danos em 98% das infraestruturas de ilha colombiana

Iota causa danos em 98% das infraestruturas de ilha colombiana

Segundo presidente Ivan Duque, danos são 'máximos' e que prefeito da cidade confirmou apenas 1 morte causada pela passagem do furacão

  • Internacional | Da EFE

Pelo menos uma pessoa morreu na Colômbia

Pelo menos uma pessoa morreu na Colômbia

LUIS GUILLERMO FERREBUS/via REUTERS - 14.11.2020

A passagem do furacão Iota, de categoria 5, a máxima na escala de Saffir-Simpson, causou na segunda-feira (16) ao menos uma morte e graves danos em 98% das infraestruturas da ilha de Providência, na Colômbia, disse o presidente do país, Ivan Duque.

O governante explicou que os números sobre os danos foram informados pelo prefeito da ilha, Jorge Norberto Gari Hooker, com quem ele conseguiu falar por telefone. Mais cedo, durante 14 horas, os serviços de telecomunicações com Providência não funcionaram.

"Há danos máximos de infraestrutura. Estamos falando de estragos em cerca de 98% das infraestruturas da ilha de Providência. O prefeito nos relatou que foi confirmada por enquanto apenas uma morte", disse Duque em comunicado.

A ilha de 17 quilômetros quadrados tem cerca de 5.000 habitantes e faz parte do arquipélago de San Andrés, Providencia e Santa Catalina, localizado a cerca de 700 quilômetros da parte continental do país.

Duque, que está na cidade de Cartagena de Indias, também atingida por Iota no sábado, quando ainda era uma tempestade tropical, afirmou que o governo espera levar amanhã ajuda humanitária a San Andrés e Providência e que a prefeitura de Providência está limpando as principais estradas da ilha e a pista do aeroporto de El Embrujo para que os voos sejam retomados.

.

Últimas