Guerra Israel x Hamas

Internacional Israel se prepara para receber reféns sequestrados por terroristas do Hamas

Israel se prepara para receber reféns sequestrados por terroristas do Hamas

Cerca de 50 sequestrados serão libertados após mais de 45 dias sob as ameaças dos criminosos, enquanto 190 permanecerão presos

  • Internacional | Do R7

Protesto em Israel pede libertação dos reféns sequestrados pelos terroristas do Hamas

Protesto em Israel pede libertação dos reféns sequestrados pelos terroristas do Hamas

Dedi Hayun/Reuters - 7.11.2023

À medida que a libertação dos reféns israelenses capturados pelos integrantes do grupo terrorista Hamas em 7 de outubro dava sinais de que estava para se concretizar, o governo de Israel começou a se preparar para receber cerca de 50 pessoas — israelenses e de outros países — que, durante 46 dias, sentiram o terror dos extremistas.

O gabinete encarregado dos reféns, cativos e pessoas desaparecidas criou uma ordem de operações a ser seguida. A primeira ordem do procedimento exige que as FDI (Forças de Defesa de Israel) recebam os reféns e os tragam para território israelense, onde tratamento médico imediato será fornecido para eles.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Os reféns receberão uma avaliação inicial de sua condição pelas autoridades médicas e serão transferidos para os seguintes hospitais-líderes em todo o país: Centro Médico Sheba, Centro Médico Sourasky, Centro Médico Infantil Schneider, Centro Médico Rabin-Beilinson e Centro Médico Soroka.

Assim que chegarem aos hospitais, os sequestrados serão recebidos por suas famílias, que têm esperado ansiosamente pelo retorno deles. A condição dos reféns é atualmente desconhecida.

Após o cuidado inicial, tratamento médico adicional para reféns em complexos adicionais, aprovados pelo Ministério da Saúde, fornecerá a eles cuidados médicos 24 horas por dia.

Depois que o tratamento médico e a assistência forem estabelecidos, espera-se que os reféns posteriormente passem por interrogatório de investigadores treinados das agências de inteligência de Israel.

A etapa final das operações planejadas é transferir os ex-reféns para o cuidado do Ministério do Bem-Estar e Assuntos Sociais. Aqui eles serão acompanhados no processo de sua reabilitação à sociedade.

Assistentes sociais acompanharão os reféns imediatamente após eles deixarem os hospitais. Um assistente social permanente será atribuído a cada pessoa e família e ficará encarregado de cuidar de todas as necessidades dos libertados.

Últimas