Internacional Itália mantém regras para concessão de cidadania

Itália mantém regras para concessão de cidadania

Regras sobre direito sanguíneo não foram incluídas no chamado 'Decreto Salvini', que modifica diversos pontos das leis de refúgio e imigração italianas

regras concessão cidadania italiana

Concessão de cidadania italiana segue com mesmas regras

Concessão de cidadania italiana segue com mesmas regras

PixaBay

O governo da Itália manteve intactas as regras para concessão de cidadania a descendentes de italianos espalhados pelo mundo. Uma versão de decreto com restrições à concessão de cidadania italiana a descendentes "jus sanguinis" (por direito de sangue) chegou a circular pela imprensa italiana, mas o texto do chamado "Decreto Salvini" aprovado nesta segunda-feira (24) não incluiu estas modificações.

O texto aprovado pelo governo italiano revisa regras para concessão de refúgio, retirando da legislação o conceito de "proteção humanitária", e endurece o tratamento a imigrantes.

Uma suposta versão do texto divulgada por uma agência local dizia que apenas descendentes de até segundo grau poderiam obter a cidadania, mas a medida não está no documento final.

A decisão confirma o que havia sido anunciado pela Liga, partido do ministro do Interior, Matteo Salvini, um dos principais representantes das políticas anti-imigração na Itália.

No Brasil, cerca de 112 mil famílias já aguardam na fila da concessão da dupla cidadania.

De acordo com a Embaixada da Itália no Brasil, cerca de 30 milhões de brasileiros poderiam solicitar a cidadania italiana.