Internacional Kim Jong Un perde peso e preocupa norte-coreanos, diz mídia estatal

Kim Jong Un perde peso e preocupa norte-coreanos, diz mídia estatal

Preocupação ocorre após divulgação de recente vídeo do líder. Não há detalhes sobre o que poderia ter causado emagrecimento. 

Reuters
Imagens do líder norte-coreano em fevereiro e em junho

Imagens do líder norte-coreano em fevereiro e em junho

Reuters

Todos na Coreia do Norte estão de coração partido com a aparente perda de peso do líder Kim Jong Un, disse um residente não identificado de Pyongyang citado pela mídia estatal do país, após assistir a um recente vídeo de Kim.

O raro comentário público sobre a saúde de Kim veio depois que analistas estrangeiros notaram no início de junho que o líder, que se acredita ter 37 anos, parece ter perdido uma quantidade considerável de peso.

Kim Jon un em fevereiro e em junho

Kim Jon un em fevereiro e em junho

Reuters

"Ver o respeitado secretário-geral (Kim Jong Un) parecendo muito magro parte o coração de nosso povo", disse o homem em uma entrevista transmitida pela emissora estatal KRT.

No vídeo, que a Reuters não pôde verificar de forma independente, os residentes de Pyongyang foram vistos assistindo a um grande telão na rua mostrando um concerto com a presença de Kim e autoridades do partido após uma reunião plenária do Partido dos Trabalhadores da Coréia (WPK).

A transmissão não forneceu detalhes sobre o que levou à perda de peso.

Quando Kim reapareceu na mídia estatal em junho, depois de não ser visto em público por quase um mês, analistas do NK News, um site com sede em Seul que monitora a Coreia do Norte, notaram que seu relógio parecia estar mais apertado do que antes em torno de um pulso aparentemente mais fino.

Dado o forte controle de Kim sobre o poder na Coréia do Norte - e a incerteza sobre quaisquer planos para um sucessor - a mídia internacional, agências de espionagem e especialistas observam de perto sua saúde.

No início do ano passado, as especulações sobre a saúde de Kim explodiram depois que ele perdeu as comemorações do aniversário de nascimento do fundador do Estado, Kim Il Sung, em 15 de abril, apenas para reaparecer em público no início de maio.

Em 2014, a mídia estatal noticiou que Kim estava sofrendo de "desconforto", após um longo período fora dos olhos do público.

Últimas