Rússia x Ucrânia

Internacional Kremlin pede à população que se una ao presidente Putin

Kremlin pede à população que se una ao presidente Putin

Para Peskov, russos estão divididos entre os que apoiam o chefe de estado e os que 'não entendem o que está acontecendo'

AFP
O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov

Evgenia Novozhenina/Reuters - 23.12.2021

O porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, afirmou nesta sexta-feira (4) que chegou a hora de a população se unir ao presidente Vladimir Putin, no nono dia da invasão da Ucrânia.

"Este não é o momento de nos dividirmos, é o momento de nos unirmos. E nos unirmos em torno de nosso presidente", disse ele em encontro com a imprensa, quando questionado sobre os apelos de personalidades culturais contra a guerra.

"Existe de fato um debate acalorado entre os atores culturais. Há quem apoie o presidente, que o apoie sinceramente. E há quem não entenda o que está acontecendo", completou, avaliando ser necessário "explicar as coisas com paciência".

Numerosas petições contra a guerra estão circulando na Rússia, assinadas por cidadãos, personalidades culturais e profissionais médicos.

Últimas