Internacional Leão que sumiu há um mês de parque na África do Sul é 'detido'

Leão que sumiu há um mês de parque na África do Sul é 'detido'

O felino fugiu do parque nacional de Karoo no dia 15 de fevereiro e foi achado em uma fazenda a mais de 200 quilômetros da reserva

Leão que sumiu há um mês de parque na África do Sul é 'detido'

O leão está em uma cela na delegacia de Sutherland

O leão está em uma cela na delegacia de Sutherland

Reprodução/Twitter

Um leão que fugiu há um mês do parque nacional de Karoo, no sul da África do Sul, passou a noite em uma cela localizada em uma delegacia de Sutherland, onde será transportado para seu habitat natural, segundo informou a reserva natural.

"O leão desaparecido foi achado e está atualmente em uma cela policial de Sutherland", indicaram responsáveis da gestão do parque no Twitter.

O leão fugiu em 15 de fevereiro e foi achado na quarta-feira em uma fazenda a mais de 200 quilômetros da reserva.

"Ele foi atingido por um dardo lançado de um helicóptero e permanece em uma cela policial. Estamos esperando que tragam uma jaula para poder transportá-lo outra vez ao parque", disse o porta-voz do parque Reynold "Rei T" Thakhuli à emissora News24.

Um jornalista local publicou uma foto nas redes sociais com o leão sedado e amordaçado, assim como várias pessoas posando junto a ele, antes de o animal ter sido levado para a delegacia.

Vários usuários do Twitter, que chamaram a atenção para o lugar onde o leão passou a noite, fizeram brincadeiras sobre a situação e levantaram a possibilidade de o animal ter que prestar depoimento.

Os leões são uma espécie em risco e estima-se que sua população mundial, que por volta de 1800 era de 1,2 milhão de exemplares, tenha sofrido uma queda de 98%.

Na África do Sul, a população de leões cresce lentamente graças às reservas naturais nacionais e privadas, mas é uma exceção enquanto no resto do mundo os números retrocedem.

A criação em cativeiro de felinos selvagens é uma preocupação crescente para os conservacionistas, que denunciam que a África do Sul está encorajando a expansão de um mercado para sua carne e ossos.