Internacional Maior rubi do mundo vai a leilão em junho, em Nova York, e deve ser vendido por valor recorde

Maior rubi do mundo vai a leilão em junho, em Nova York, e deve ser vendido por valor recorde

Estrela de Fura, pedra de 55,22 quilates encontrada em Moçambique, pode atingir o valor de 30 milhões de dólares

  • Internacional | Do R7

Lam Yik/Reuters - 17.04.2023

O maior rubi do mundo a ser leiloado será oferecido pela Sotheby's em Nova York em junho, disse a casa de leilões em uma prévia em Hong Kong no início desta semana, e estima-se que a venda alcance mais de 30 milhões de dólares (cerca de R$ 163 milhões).

O valor deve tornar a gema de 55,22 quilates, conhecida como Estrela de Fura, o rubi mais caro já vendido em leilão, disse Uni Kim, especialista do departamento de joias da Sotheby's na capital financeira asiática.

"É de Moçambique, que é também uma das novas e mais populares origens que vemos para os rubis, além das peças mais tradicionais e das clássicas birmanesas", acrescentou Kim.

O atual recorde mundial de um rubi vendido em leilão foi estabelecido em maio de 2015 por Sunrise Ruby, uma pedra birmanesa de 25,59 quilates que foi arrematada por 30,3 milhões de dólares na Sotheby's de Genebra.

A nova pedra foi desenterrada da mina de rubis da mineradora Fura, na região norte de Montepeuz, em Moçambique, em julho de 2022.

Kim disse que o rubi, a ser oferecido na venda da Sotheby's Magnificent Jewels, era uma pedra preciosa bruta de 101 quilates quando descoberta pela primeira vez e alimentou a empolgação entre muitos na indústria de pedras preciosas.

A qualidade e o tamanho da pedra preciosa "são quase inéditos", disse Dev Shetty, presidente-executivo da Fura Gems, em comunicado.

"Estimamos que a Estrela de Fura seja vendida por mais de 30 milhões de dólares", acrescentou Kim. "Espero que possamos vê-la estabelecer um novo recorde para os rubis de Moçambique."

Últimas