Internacional Manifestantes depredam embaixada dos EUA no Iraque

Manifestantes depredam embaixada dos EUA no Iraque

Ação ocorre dois dias após ataques aéreos norte-americanos em território iraquiano contra bases de milícia local apoiada pelo Irã 

Guarita da embaixada em Bagdá foi atacada durante protesto

Guarita da embaixada em Bagdá foi atacada durante protesto

Thaier al-Sudani/Reuters

Um protesto terminou com depredação contra a embaixada dos Estados Unidos em Bagdá, capital do Iraque, neste domingo (31). Manifestantes invadiram o complexo, após quebrar uma portão e atear fogo na área da recepção.

O embaixador dos EUA no Iraque e outros diplomatas foram retirados às pressas do local, informou a emissora de TV Al Jazeera.

A ação ocorre dois dias após forças norte-americanas realizarem ataques aéreos a bases da milícia Kataib Hezbollah em território iraquiano. O grupo é apoiado pelo Irã.

O ataque aéreo seria uma retaliação a morte de um norte-americano durante um ataque com foguetes contra uma base militar iraquiana.