Internacional Meghan e Harry anunciam que deixam funções na família real

Meghan e Harry anunciam que deixam funções na família real

Decisão foi anunciada em 'mensagem pessoal' divulgada pelo duque e a duquesa de Sussex, meses após já terem decidido diminuir presença em atos

meghan markle e príncipe harry

Harry e Meghan já tinham se afastado de funções públicas da família real

Harry e Meghan já tinham se afastado de funções públicas da família real

Facundo Arrizabalaga / EPA - EFE - 7.1.2020

O príncipe Harry e a esposa, Meghan Markle, anunciaram que estão se afastando em definitivo de suas funções na família real.

Em "mensagem pessoal" divulgada pelo perfil do duque e duquesa de Sussex e também distribuída pelo Palácio de Buckingham, os dois informam que estão deixando de ser "membros sênior" da família real e que se dedicarão a alcançar independência financeira.

Na mensagem, Meghan e Harry afirmam que "depois de vários meses de reflexão e discussões internas, decidimos fazer uma transição este ano para delinear um novo papel nesta instituição".

"Pretendemos dar um passo atrás como membros 'sênior' da Família Real e trabalhar para nos tornarmos financeiramente independentes, enquanto seguimos apoiando totalmente Sua Majestade a Rainha", segue o texto.

Buckingham comentou decisão

O Palácio de Buckingham, residência da rainha britânica Elizabeth, divulgou comunicado em que afirma que as discussões com o príncipe Harry e sua esposa Meghan sobre os planos de abrirem mão de seus deveres reais estão em um estágio inicial.

"Entendemos o desejo deles de adotar uma abordagem diferente, mas essas são questões complicadas que levarão tempo para serem resolvidas", disse o palácio. "As discussões com o duque e a duquesa de Sussex estão em um estágio inicial."

De acordo com o serviço de notícias birtânico da BBC, é possível que nenhum outro membro da família real, nem mesmo a rainha Elizabeth, tenha sido consultado antes da divulgação da mensagem pessoal de Meghan e Harry. A rainha estaria "desapontada", diz a agência.

Bebê, assédio e afastamento temporário

As dificuldades do casal em lidar com as tarefas e a exposição da família real começaram a ficar ainda mais claras depois do nascimento do filho, Archie, em maio de 2019.

Em setembro, o casal deu declarações falando sobre as dificuldades de lidarem com o assédio da imprensa. Meghan chegou a dizer que seus amigos haviam a aconselhado a não casar com Harry porque "os jornais a destruiriam". Ela também admitiu ter sido muito difícil ser uma grávida e uma mãe recente.

Pouco tempo depois, o casal processou tablóides britânicos. Harry comparou o tratamento da imprensa em relação a Meghan com o que faziam com sua mãe, a princesa Diana.

Em outubro, os duques anunciaram que iriam se afastar temporariamente dos compromissos relacionados à família real.

Em meados de novembro, os dois viajaram com Archie para o Canadá, país de residência original de Meghan. Eles passaram seis semanas no país, que faz parte do Commonwealth, e quebraram a tradição de estarem presentes nas comemorações de Natal oficial da rainha Elizabeth.