Internacional Migrante mexicano morre ao cair do muro fronteiriço no Texas

Migrante mexicano morre ao cair do muro fronteiriço no Texas

Homem  tentava atravessar para o lado americano e despencou do topo da estrutura de ferro, a partir de uma altura de 10 metros

Muro separa fronteira entre Estados Unidos e México no Texas

Muro separa fronteira entre Estados Unidos e México no Texas

REUTERS/Mike Blake

Um imigrante mexicano de 24 anos morreu na sexta-feira (11) quando caiu do muro de fronteira que divide o México e os Estados Unidos, no lado do Texas, de acordo com autoridades dos dois países.

A fatalidade na cidade fronteiriça de Ciudad Juárez, que faz fronteira com El Paso, no Texas, quando o homem, cujo nome não foi divulgado, tentava atravessar para o lado americano e despencou do topo da estrutura de ferro, a partir de uma altura de 10 metros.

As autoridades mexicanas declararam que o homem subiu com alguma facilidade a cerca de metal no lado mexicano, tentou acomodar para a descida, já do lado dos EUA, mas, estando em cima, escorregou.

Após a queda severa, agentes da Patrulha de Fronteira dos Estados Unidos chegaram ao local. Mais tarde eles colocaram uma fita de cor vermelha para que o corpo pudesse ser removido e os especialistas forenses pudessem determinar a causa da morte.

Dado o recente aumento da onda de imigração, a fronteira EUA-México também tem visto um aumento no número de casos em que migrantes morrem durante a busca pelo sonho americano.

A respeito desse tipo de mortes, o porta-voz da Organização Internacional para as Migrações (OIM), Alberto Cabezas, destacou que os migrantes colocam suas vidas em risco quando cruzam por rotas "ásperas, isoladas ou inóspitas".

Segundo ele, as expectativas dessas pessoas para atravessar a fronteira são "pouco realistas" e quem promete ajudar-lhes a cruzar a fronteira lhes fornecem informações confusas e não pensam que o espaço está fechado.

No que diz respeito à fronteira EUA-México, em 2020 houve 186 mortes em tentativas de travessia. O número chega a 125 em 2021.

Últimas