Internacional Ministra de Israel não participa da COP26 por falta de acessibilidade

Ministra de Israel não participa da COP26 por falta de acessibilidade

Karine Elharrar é cadeirante e não conseguiu chegar ao local da conferência porque o acesso era inadequado 

  • Internacional | Letícia Sepúlveda do R7, com Reuters

A ministra de Energia de Israel, Karine Elharrar, não conseguiu participar da COP26 devido à falta de acessibilidade

A ministra de Energia de Israel, Karine Elharrar, não conseguiu participar da COP26 devido à falta de acessibilidade

Reprodução/Instagram @karinel09

A ministra de Energia de Israel, Karine Elharrar, não pôde participar da abertura da cúpula da COP26, Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, na segunda-feira (1º), porque o transporte oferecido aos participantes não era acessível e ela é cadeirante.

Karine disse ao Canal 12, de Israel, que não conseguiu chegar ao local onde estavam reunidos os líderes de mais de 190 países, porque o acesso só poderia ser feito caminhando ou por meio de um ônibus que não era adequado para o embarque de pessoas que utilizam cadeira de rodas.

“Vim para a COP26 para encontrar meus colegas de outros países e avançar em nossa luta contra a crise climática”, escreveu Elharrar no Twitter.  “É triste que a Organização das Nações Unidas, que promove a acessibilidade para pessoas com deficiência, em 2021 não se preocupe com a acessibilidade em seus próprios eventos”.

A ministra israelense disse que espera que uma solução seja encontrada até esta terça-feira (2).O ministro das Relações Exteriores de Israel disse aos organizadores da conferência que é “impossível se preocupar com o futuro, o clima e as pessoas se não cuidarmos primeiro dos seres humanos, da acessibilidade e das deficiências".

Após o ocorrido, o embaixador britânico em Israel, Neil Wigan, pediu desculpas à ministra pela situação.

COP26: conheça siglas e termos importantes para não perder nada

Últimas