Internacional Miss Ucrânia 2018 relata como fugiu do país após a invasão russa

Miss Ucrânia 2018 relata como fugiu do país após a invasão russa

Veronika Didusenko fez uma longa viagem ao lado do filho de 7 anos enquanto o Exército da Rússia lançava bombas por toda parte

  • Internacional | Do R7

Miss Ucrânia de 2018, Veronika Didusenko

Miss Ucrânia de 2018, Veronika Didusenko

Patrick T. Fallon / AFP

A miss Ucrânia de 2018, Veronika Didusenko, relatou em uma coletiva de imprensa nos EUA os momentos de terror que viveu ao lado do filho de 7 anos para fugir do país após o início do conflito com a Rússia.

Veronika, que vivia na capital Kiev, lembra que foi acordada por sirenes e explosões no dia em que a invasão russa começou, em 24 de fevereiro. 

A primeira etapa da fuga foi feita de carro e ao tentar sair da cidade em direção à fronteira enfrentou um longo congestionamento, sempre temendo um ataque.

“Enquanto eu fugia com meu filho, pude ver que havia uma verdadeira batalha aérea acima de nossa cabeça”, disse a miss.

A ucraniana conta que durante todo o trajeto ouvia as sirenes que avisavam sobre um novo ataque e as explosões das bombas lançadas pelo Exército russo.

Veronika diz que viu militares da Rússia pararem para atirar em pessoas inocentes que estavam em fuga.

Ela e o filho conseguiram cruzar a fronteira e viajar até Luxemburgo. Em seguida, foram para Genebra, na Suíça, onde ficaram com a família. A mãe e os avós de Veronika ainda estão em Kiev.

Ela teme que Putin não pare até que ele alcance a “erradicação de tudo o que é ucraniano e da própria Ucrânia” e critica a falta de ação dos EUA e dos países da Europa para ajudar seu país na guerra.

A miss fez também um apelo para que o pedido do presidente ucraniano para fechar o espaço aéreo do país seja atendido. “As pessoas estão morrendo em abrigos sem comida, sem água, sem luz, sem calor. É uma tragédia. É terrorismo.”

Últimas