Mulher é decapitada em atentado terrorista em Nice, na França

Ataque deixou três mortos, incluindo diretor de basílica da cidade. Agressor teria gritado 'Allahu Akbar' antes de esfaqueamentos e foi baleado 

Uma das vítimas em atentado em Nice foi decapitada

Uma das vítimas em atentado em Nice foi decapitada

Eric Gaillard/Reuters - 29.10.2020

Uma das três vítimas no atentado na basílica Notre-Dame de l'Assomption, em Nice, na França, desta quinta-feira (29) foi decapitada, afirmam os veículos internacionais.

Segundo a Reuters, o autor do ataque teria gritado "Allahu Akbar" antes de matar três pessoas. A informação foi confirmada pela polícia. O homem foi baleado pelos agentes e levado em estado grave para o hospital.

O prefeito de Nice, Christian Estrosi, chamou o ataque de atentado terrorista e disse pelo Twitter que o agressor teria gritado a frase, comumente usada por jihadistas antes de ataques e que significa "Deus é maior". 

Duas das vítimas foram mortas dentro da igreja, sendo uma delas o diretor do templo. Uma mulher conseguiu escapar de dentro da igreja, mas foi morta em um bar na frente do prédio. 

"O suspeito de agressão com faca foi baleado pela polícia quando estava sendo detido, ele está a caminho do hospital, ele está vivo", disse o prefeito a jornalistas.

"Já basta", disse Estrosi. "Está na hora da França se exonerar das leis da paz para definitivamente erradicar o fascismo islâmico de nosso território."