Internacional Máquinas batem em obstáculos durante perfuração do túnel que mantém 41 pessoas presas na Índia

Máquinas batem em obstáculos durante perfuração do túnel que mantém 41 pessoas presas na Índia

Trabalhadores estão no fundo da terra desde o dia 12 de novembro; faltam apenas 9 metros para a chegada do resgate

AFP
Equipes de resgate na entrada do túnel que desabou e prendeu dezenas de trabalhadores

Equipes de resgate na entrada do túnel que desabou e prendeu dezenas de trabalhadores

Arun SANKAR/AFP - 24.11.2023

A apenas 9 metros dos 41 trabalhadores presos após o desabamento de um túnel na Índia, há duas semanas, as equipes de resgate encontraram novamente, neste sábado (25), obstáculos que dificultam a perfuração de uma via para libertá-los. 

Os engenheiros trabalham há dias para colocar um tubo de aço em 57 m de terra, concreto e entulho que mantém os trabalhadores presos desde 12 de novembro, mas, a menos de 10 m de distância, a perfuradora bateu em um emaranhado de barras enterradas em estruturas metálicas e veículos de construção. 

“Estão em andamento trabalhos para cortar e eliminar a obstrução”, disse Abhishek Ruhela, um alto funcionário local, à AFP neste sábado (25).

“O trabalho para chegar aos trabalhadores presos no interior está na fase final”, disse Ruhela, acrescentando que “todas as possibilidades são consideradas” para completar os esforços de resgate, retardados pela queda de destroços e avarias de máquinas. 

Do lado de fora, ambulâncias estão preparadas, assim como um hospital de campanha, para receber os 41 homens, presos em um espaço de 8,5 m de altura por 2 km de comprimento em Silkyara, no estado de Uttarakhand (no norte do país). 

As equipes de resgate tentam passar pela entrada principal do túnel, desobstruindo a estrada sem máquina de perfuração, indicaram os responsáveis pela operação.

Segundo jornalistas da AFP presentes no local, uma escavadora pesada subiu ao topo da colina onde se encontra o túnel, para perfurar um poço vertical de cerca de 89 m até chegar aos trabalhadores presos. 

O túnel afetado faz parte de um plano para ligar as cidades de Silkyara e Dangalgaon, que abrigam dois dos mais sagrados templos hindus, Uttarkashi e Yamunotri. 

Especialistas alertaram sobre o impacto das grandes construções em Uttarakhand, onde grandes partes do território são propensas a deslizamentos.

Idosa em carrinho de golfe e mulher declarada morta: os 13 israelenses libertados

Últimas