Internacional Onda de calor deixa 11 mortos e mais de 5.000 doentes no Japão

Onda de calor deixa 11 mortos e mais de 5.000 doentes no Japão

Segundo governo, pacientes com mais de 65 anos representam 52,6% do total de atendidos em hospitais. Província de Aichi foi a mais afetada

Onda de calor no Japão

Japão enfrenta onda de calor

Japão enfrenta onda de calor

REUTERS/Issei Kato/25.07.2019

Onze pessoas morreram e mais de 5.000 foram levadas a hospitais no Japão por problemas médicos relacionados às altas temperaturas na última semana, segundo anunciou o governo japonês nesta terça-feira (30). As informações são da agência de notícias Kyodo News.

De acordo com a Agência de Gestão de Incêndios e Desastres, o número de pacientes em hospitais quase triplicou em relação à semana anterior. O grupo com mais de 65 anos representa 52,6% do total de atendidos.

Das 5.664 pessoas levadas aos hospitais, 119 apresentaram sintomas graves que exigem ao menos três semanas de internação, enquanto 1.792 sofriam de enfermidades moderadas.

As 11 mortes foram relatadas em 11 áreas diferentes entre as 47 prefeituras do Japão. A província de Aichi foi a que registrou maior número de pacientes afetados pela onda de calor, com 392 internados. A segunda foi a prefeitura de Osaka, com 388; e depois Tóquio, com 299.