Internacional ONU adia reunião sobre Coreia do Norte para sexta-feira (1º)

ONU adia reunião sobre Coreia do Norte para sexta-feira (1º)

EUA, França e Reino Unido solicitaram encontro para analisar o recente lançamento de míssil hipersônico de Kim Jong-un

AFP

EFE/EPA/KCNA - 29.6.2021

A reunião de emergência prevista para esta quinta-feira (30) no Conselho de Segurança da ONU sobre a Coreia do Norte foi adiada para amanhã, a pedido de China e Rússia, informaram fontes diplomáticas.

Os dois países "solicitaram um pouco de tempo" para examinar a situação, e o representante dos Estados Unidos enviou a demanda ao Conselho de Segurança com o pedido de adiamento para sexta-feira, afirmou à AFP uma fonte, que citou um problema "técnico" e não "político".

Em um caso de unidade pouco frequente nos últimos meses, Estados Unidos, França e Reino Unido solicitaram na quarta-feira (29) a reunião, a portas fechadas, para analisar o recente lançamento de míssil hipersônico por Pyongyang.

Em 2017, por iniciativa do governo de Donald Trump, o Conselho de Segurança adotou em três ocasiões uma série de sanções econômicas contra Pyongyang após um teste nuclear e testes de mísseis.

Leia também: Por que a escalada militar da Coreia do Norte deixa o mundo em alerta?

A Coreia do Norte anunciou na quarta-feira que executou com sucesso o teste de um míssil hipersônico, o que pode representar um avanço tecnológico importante.

Alguns minutos antes do lançamento, o embaixador norte-coreano na ONU, Kim Song, afirmou em discurso na Assembleia-Geral que seu país tem o "direito legítimo" de testar armas e "reforçar a capacidade de defesa".

Últimas