Internacional ONU eleva para 874 mil número de refugiados que deixaram a Ucrânia

ONU eleva para 874 mil número de refugiados que deixaram a Ucrânia

Nações Unidas acredita que até 5 milhões de pessoas podem fugir do país motivadas pela guerra contra a Rússia

Agência EFE
Famílias ucranianas buscam abrigo e segurança em países a oeste da Europa

Famílias ucranianas buscam abrigo e segurança em países a oeste da Europa

Yuriy Dyachyshyn / AFP - 01.03.22

A Acnur (Agência das Nações Unidas para Refugiados) elevou para 874 mil o número de ucranianos que fugiram da guerra que começou há uma semana, após a invasão e os ataques realizados pela Rússia.

A atualização corresponde aos dados coletados até a última terça-feira (1º) nos países vizinhos da Ucrânia, disse a organização.

Outras 96 mil pessoas deixaram as regiões de Lugansk e Donetsk — no leste da Ucrânia e sob o controle de grupos separatistas armados desde 2014 — em direção à Rússia.

Mais de 50% dos refugiados já chegaram à Polônia, e alguns milhares a países que não têm fronteira com a Ucrânia, como a República Tcheca, onde existe uma grande comunidade ucraniana, disse o chefe da Acnur, Filippo Grandi.

Antes do surgimento deste conflito internacional, a Acnur tinha registrado 53,5 mil refugiados e requerentes de asilo de nacionalidade ucraniana, dos quais 36,5 mil estavam na Europa. De acordo com a ONU, cerca de 5 milhões de pessoas podem buscar abrigo em outras nações motivadas pela guerra na Ucrânia.

Últimas