Internacional Otan enviará mais tropas ao seu flanco leste após invasão da Ucrânia pela Rússia

Otan enviará mais tropas ao seu flanco leste após invasão da Ucrânia pela Rússia

Anúncio foi feito pelo secretário-geral da aliança, Jens Stoltenberg, durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira (24)

Reuters
Secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, durante entrevista coletiva em Bruxelas

Secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, durante entrevista coletiva em Bruxelas

Yves Herman/Reuters - 24.02.22

A aliança militar ocidental Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) reforçará ainda mais a presença de tropas em seu flanco oriental, disse seu secretário-geral, Jens Stoltenberg, nesta quinta-feira, depois de a Rússia atacar a Ucrânia.

"Nos próximos dias e semanas chegarão ainda mais [soldados], então vamos aumentar ainda mais e estamos aumentando nossa presença na porção leste da aliança", disse ele a jornalistas em Bruxelas.

A Otan também ativou seus planos de defesa para facilitar uma movimentação mais rápida das tropas, afirmou ele.

Stoltenberg também disse aos jornalistas que a Otan colocou mais de cem aviões de guerra em alerta máximo e que os líderes da aliança farão uma reunião de cúpula nesta sexta-feira.

"Temos de responder com determinação renovada e uma unidade ainda mais forte", disse ele após presidir uma reunião de emergência dos embaixadores da Otan. "O que fazemos é defensivo."

R7

Últimas