Internacional Palácio de Buckingham cancela troca da guarda após notícia sobre a saúde da rainha

Palácio de Buckingham cancela troca da guarda após notícia sobre a saúde da rainha

Cerimônia prevista para a manhã de sexta-feira (9) está cancelada. No entanto, placa com a informação foi retirada

  • Internacional | Do R7

O Palácio de Buckingham, em Londres

O Palácio de Buckingham, em Londres

Will Oliver/EFE/EPA - 20.3.2020

A cerimônia de troca de guarda do Palácio de Buckingham, prevista para acontecer na manhã de sexta-feira (9), foi a cancelada. O anúncio surge após médicos se mostrarem preocupados com sua saúde da Rainha Elizabeth 2ª.

De acordo com o site de notícia da BBC, uma placa chegou a ser colocada na área em frente ao palácio londrino, onde acontece o tradicional treinamento. No entanto, foi removida posteriormente por funcionários.

A monarca encontra-se em sua residência em Balmoral, na Escócia, onde está de férias desde julho. O príncipe Charles e a Camila Parker já estão com a rainha. O príncipe William e Kate Middleton e Harry e Meghan Markle estão a caminho para encontrar a avó.

Segundo a imprensa britânica, os filhos de Elizabeth 2ª, Anne, Andrew e Prince Edward também foram chamados.

O comunicado sobre a saúde da rainha foi publicado depois que a Elizabeth 2ª saiu de um de seus compromissos, na quarta-feira (7), com a recomendação médica de descansar. A mensagem aponta que "após uma avaliação mais aprofundada esta manhã, os médicos da rainha estão preocupados com a saúde de Sua Majestade e recomendaram que ela permaneça sob supervisão médica".

Na última terça-feira (6), Elizabeth 2ª nomeou a nova primeira-ministra do Reino Unido, Liz Truss. Com problemas de mobilidade, essa foi a primeira vez que o encontro com a pessoa escolhida para liderar o Parlamento não aconteceu em Londres.

A primeira-ministra Liz Truss disse que "todo o país" estaria "profundamente preocupado" com a notícia. O ex-primeiro-ministro trabalhista Tony Blair disse estar “profundamente preocupado” com a condição da rainha.

Os 70 anos de reinado de Elizabeth 2ª da Inglaterra são um recorde entre todos os monarcas em exercício, superado apenas, na história contemporânea, pelo do rei da Tailândia, Bhumibol Adulyadej, que se manteve à frente da coroa por 70 anos e quatro meses.

Nascida em 21 de abril de 1926, Elizabeth subiu ao trono aos 25 anos, em 6 de fevereiro de 1952, após a morte de seu pai, George VI.

Em 9 de setembro de 2015, ela bateu o recorde de longevidade no trono da Inglaterra, até então detido por sua tataravó, a rainha Vitória, que reinou de 1837 a 1901. Elizabeth 2ª tem 96 anos e é a governante mais velha em exercício.

Últimas