Internacional Palestinos falam em 7 mortes por tiros de tropas israelenses em Gaza

Palestinos falam em 7 mortes por tiros de tropas israelenses em Gaza

Forças Armadas de Israel disseram que recorreram a disparos e a um ataque aéreo depois que explosivos e pedras foram atiradas contra eles 

Forças Armadas, Israel, palestinos, gaza

Atirador de elite de Gaza matou soldado israelense

Atirador de elite de Gaza matou soldado israelense

Reuters

Soldados israelenses mataram a tiros sete palestinos, incluindo dois meninos, que estavam entre milhares de pessoas na fronteira da Faixa de Gaza nesta sexta-feira como parte de protestos semanais lançados há seis meses, informaram autoridades de saúde de Gaza.

As Forças Armadas de Israel disseram que suas tropas recorreram a disparos de arma fogo e a um ataque aéreo depois que explosivos e pedras foram atiradas contra eles e para evitar invasões pela cerca da fronteira do enclave islâmico controlado pelo Hamas.

Autoridades de saúde de Gaza disseram que 290 pessoas ficaram feridas, 90 delas por tiros, e que os mortos eram do sexo masculino, dois deles com 12 e 14 anos. As famílias dos meninos não puderam ser contactadas imediatamente para comentar.

Pelo menos 190 palestinos foram mortos desde o início dos protestos em Gaza, em 30 de março, para reivindicar direitos às terras perdidas para Israel na guerra de 1948.

O Hamas disse que o protesto de sexta-feira também marcou o 18º aniversário do lançamento da última revolta palestina contra Israel.

Um atirador de elite de Gaza matou um soldado israelense, e artefatos incendiários lançados ​​por palestinos usando pipas e balões de hélio provocaram incêndios que destruíram trechos de floresta e terras agrícolas em Israel.

Veja a galeria: EUA abrem embaixada em Jerusalém e detona confrontos na Faixa de Gaza