Passagem do Dorian pelo Canadá deixa mais de 200 mil sem energia

Por causa dos transtornos, as autoridades de Nova Escócia determinaram o fechamento de escolas e empresas enquanto reparos são feitos

Empresas e escolas foram fechadas após Dorian

Empresas e escolas foram fechadas após Dorian

John Morris/ Reuters - 8.9.2019

Mais de 200 mil pessoas seguem sem fornecimento de energia nesta segunda-feira (9), no Canadá, após a passagem do furacão Dorian durante o fim de semana, segundo informações divulgadas pela companhia Nova Scotia Power.

Por causa dos transtornos causados, as autoridades da província da Nova Escócia determinaram o fechamento de escolas e empresas, enquanto há trabalho para reestabelecer a iluminação pública e nas residências e outros imóveis, e a retirada de árvores das ruas.

Na região, a mais afetada pela passagem do Dorian, furacão de categoria 5 na escala Saffir-Simpson, cerca de 211 mil pessoas estão sem luz. A expectativa é que seja necessária uma semana para que a situação fique regularizada.

Em outras províncias do Canadá, cerca de 38 mil pessoas estão sem fornecimento de eletricidade há 48 horas, após a passagem do furacão.

Sem celular

Além disso, o Dorian ainda afetou as redes de telefonia celular de Nova Escócia, que vem funcionamento de maneira irregular.

O furacão chegou no Canadá na tarde deste sábado, com rajadas de vento de até 141 km/h. Pouco depois, se debilitou e virou uma tempestade pós-tropical. Não houve registro de mortos por causa do fenômeno.

O Dorian foi classificado como o pior furacão que atingiu a costa do país no Oceano Atlântico desde o Juan, em 2003, que chegou a cidade de Halifax, provocando a morte de seis pessoas, além de grandes danos materiais.

EM FOTOS: Bahamas concentram resgate em áreas isoladas por furacão Dorian