Internacional Peru: boca de urna aponta empate técnico quádruplo na eleição

Peru: boca de urna aponta empate técnico quádruplo na eleição

Surpresa da eleição, Pedro Castillo aparece na frente, seguido por Hernando de Soto, Keiko Fujimori e Yonhy Lescano

Pedro Castillo (centro) é abraçado por apoiador em seu comitê na cidade de Cajamarca

Pedro Castillo (centro) é abraçado por apoiador em seu comitê na cidade de Cajamarca

Stringer / EFE - 11.4.2021

Os candidatos à presidência do Peru Pedro Castillo, Hernando de Soto, Keiko Fujimori e Yonhy Lescano foram os mais votados nas eleições peruanas realizadas neste domingo (11) no Peru, de acordo com uma pesquisa de boca de urna publicada logo após o fechamento dos colégios eleitorais, que registra uma diferença entre os quatro que não excede a margem de erro.

Leia também: Peru e Equador vão às urnas hoje para escolher novos presidentes

A amostra, realizada pela empresa Ipsos e publicada pelas emissoras de televisão "América" e "Canal N", será a única a ser divulgada nesta noite. A margem de erro é de 3%.

Segundo os dados, Castillo, candidato da extrema esquerda e uma das surpresas da campanha eleitoral, teria obtido 16,1% dos votos, enquanto Hernando de Soto e Keiko Fujimori, ambos da direita, estariam iguais em 11,9% dos votos, seguidos por Yonhy Lescano, de centro-esquerda, com 11%.

Se os resultados da pesquisa se confirmarem nas urnas, é praticamente certo que Castillo, do Partido Peru Livre, irá ao segundo turno, em junho próximo. Restaria determinar quem será seu adversário.

De sua região natal de Cajamarca, Castillo pediu calma e tranquilidade à população, enquanto seus partidários lançavam fogos de artifício e dançavam nas ruas em meio a uma grande agitação.

"É verdade que há uma efervescência entre o povo, mas temos que respeitar os dados oficiais", declarou o professor e líder sindical à emissora "América Noticias". "Se os resultados forem confirmados, quero agradecer enormemente a todos e a cada um dos professores do Peru", completou o agora favorito das eleições.

Além disso, a pesquisa da Ipsos revelou 10,5% dos votos a favor do candidato de extrema direita Rafael Lopez Aliaga, 8,8% para a esquerdista Veronika Mendoza, 6,4% para o ex-jogador de futebol George Forsyth e 5,8% para o empresário Cesar Acuña, entre um total de 18 candidatos.

Mais de 25 milhões de eleitores estavam convocados a votar nestas eleições gerais para eleger o presidente, dois vice-presidentes e o novo Congresso. Contudo, as abstenções ficaram evidentes durante o pleito devido ao perigo de contágio pelo coronavírus, em um novo pico de infecções em território peruano.

Últimas